Domingo, 3 de Maio de 2009

Mutilação de Animais - Fenómeno O.V.N.I.

Em 19 de Setembro de 1967, no condado de Alamosa, Colorado (EUA), uma potra chamada Lady foi encontrada morta e com a cabeça descarnada. Ao realizar a autópsia, o Dr. John Altshuler ficou surpreso, ao ver que o cérebro, a espinha dorsal e alguns órgãos como o coração, foram retirados com assombrosa precisão. O mais surpreendente era que o sangue fora totalmente drenado, não manchando o corpo nem o solo ao seu redor.

Quando o Dr. Altshuler realizou testes nas amostras de tecidos no microscópio, ficou surpreso ao descobrir que "tinham uma coloração negra, como se a carne tivesse sido aberta e cauterizada (queimada com um calor intenso para abri-la) por um bisturi cauterizador cirúrgico... como se tivesse sido utilizado laser". Ainda que o raio laser tenha sido inventado no início dos anos sessenta, em 1967 ainda não existia tecnologia suficiente capaz de produzir estas incisões.

Outro mistério era a ausência de pegadas próximas ao corpo. As únicas pegadas encontradas foram as da potra, em um raio de aproximadamente 30 metros, do local onde foi encontrada. O "incidente Lady" foi o primeiro de uma série de mutilações de animais no Colorado, e posteriormente, no mesmo ano, na Pensilvânia. Surgiu uma onda de mutilações nos estados de Alabama, Iowa e Texas. O mistério das mutilações reiniciou-se no Colorado em princípios dos anos oitenta, e outro caso ocorreu no sul no início dos anos noventa. Enquanto isso aconteciam casos isolados semelhantes no Canadá, América Central, América do Sul, Austrália e algumas partes da Europa, incluindo a Grã-Bretanha.

A maioria dos casos possui características incrivelmente semelhantes:

01 – Quase todos os casos de mutilações ocorreram em gados bovinos, mas também existem casos de cavalos, ovelhas e animais domésticos.
02 – Não há sinais de luta. Incrivelmente, em solos recobertos de neve, não existem pegadas ao redor dos corpos, parecendo que os animais foram puxados do solo e em seguida jogados do ar.
03 – Com freqüência, os órgãos internos, olhos, orelhas, língua, intestinos, órgãos genitais e carne das mandíbulas foram retirados.
04 – Nos corpos são encontradas incisões profundas sem marcas de sangue e na maioria dos casos apresentam-se a completa ausência de sangue. Estas incisões foram feitas com precisão cirúrgica.

Análises recentes demonstraram que alguns cortes foram feitos por bisturi, enquanto que outros parecem ter sido feitos por um instrumento que "cozinhava" a carne, como o laser, porém sem deixar os restos carbonizados, característica do laser.

Desde o início, este fenômeno deixou perplexos os pesquisadores e legistas. Muitos fazendeiros e delegados experientes, que se dedicaram à investigação das mutilações de gado durante décadas, estão convencidos de que estes casos isolados não são obras de predadores selvagens como os coiotes, lobos e pumas.

Em alguns dos casos do Alabama investigados em 1993 pela produtora de documentários sobre OVNIs, Linda Moulton Howe, as veias dos animais mutilados estavam sem sangue, o que não teria acontecido se eles tivessem sido atacados por outros animais predadores. Além disso, que predador poderia ter retirado cirurgicamente os órgãos genitais de uma vaca?

Como as sucessivas investigações não conseguiram encontrar nenhuma causa natural, foram buscadas outras teorias. Uma delas é a de que alguma seita satânica raptava os animais para rituais, ainda que ninguém tenha conseguido explicar que tipo de seita utilizaria frotas de helicópteros e laser médico. De qualquer forma, as exaustivas operações secretas das autoridades norte-americanas não conseguiram estabelecer nenhum vínculo entre as atividades de ocultismos e estas mutilações.

Outra teoria surgiu das informações sobre misteriosos helicópteros pretos e silenciosos, que não possuíam nenhum número de identificação exigido pelos regulamentos federais, que foram avistados na região, antes e depois da descoberta dos animais mortos. Em diversas ocasiões foram vistos helicópteros rondando a região na qual, em seguida, eram encontrados os animais mutilados, fortalecendo a especulação de que o gado estava sendo utilizado – certamente por agências governamentais – como experiência para armas biológicas e químicas. O mistério complicou-se ainda mais com as informações de civis que fotografaram estes helicópteros e que declararam que foram ameaçados por homens vestidos de negro e sem insígnias.

Ao longo dos anos, as agências governamentais dos EUA negaram qualquer participação nestes estranhos incidentes. A Federal Aviation Authority foi ainda mais longe ao negar a existência destes misteriosos helicópteros.

Em relação às mutilações, a explicação oficial sempre tem sido a mesma: causas naturais. Em resposta à pressão pública, o FBI investigou o fenômeno em 1979. Os resultados foram registrados em um relatório de 297 páginas, divulgado ao público no ano seguinte, no qual dava-se razão aos que acreditavam que as mutilações eram obra de animais predadores. Outro argumento, respaldado pelas autópsias oficiais do governo, foi que a ausência de sangue devia-se ao longo tempo que os animais mortos estiveram abandonados e que a causa da morte poderia estar relacionada com parasitas.

Estas explicações revoltaram os fazendeiros e investigadores que reclamaram que a verdade estava sendo escondida. Não satisfeitos com a resposta do governo, os fazendeiros criaram grupos de vigilância e combinaram de atirar contra qualquer helicóptero que cruzasse suas propriedades em vôo rasante.
Ainda que o FBI resistisse em intervir, o ufólogo Timothy Good obteve um relatório secreto do FBI, de 1976, realizado pelo agente Gabriel Valdez. Depois de examinar uma vaca mutilada, o agente descobriu marcas de 40 centímetros de profundidade no solo, formando um triângulo e sugerindo que naquele local aterrissara uma "nave aérea", que havia pego a vaca e aterrissado novamente onde o animal morto foi encontrado. Debaixo das pegadas, foi encontrada uma substância oleosa, a grama estava chamuscada e os níveis de radiação estavam muito mais elevados que o normal.

Para alguns fazendeiros e investigadores locais, isto era a confirmação do que suspeitavam há muito tempo. Lou Girodo, chefe investigador das mutilações do distrito de Trindad, Colorado, havia dito: "estamos tratando com seres que não são deste planeta".

A morte de Lady, ocorrida em Setembro de 1967, coincidiu com uma pequena série de aparições de OVNIs e de informações de estranhas luzes em San Louis Valley, região em que foi encontrado o cadáver mutilado do animal. Cada onda de mutilações esteve acompanhada por aparições de OVNIs na região afetada. Isto levou vários ufólogos a especularem que existia uma conexão entre os helicópteros e as aparições de OVNIs. Por acaso, os OVNIs poderiam ter se "disfarçado" de helicópteros?

Outro dado curioso, ainda que talvez não tenha relação com os OVNIs, era a presença de uma tinta fluorescente, somente visível com luz ultravioleta, na pele de alguns animais que foram encontrados em Dulce, Novo México. Em outro caso, foi encontrada uma substância parecida ao betume na caixa torácica de uma vaca mutilada. As análises mostraram que a substância possuía uma composição semelhante à da tinta, porém os investigadores ainda se perguntam como esta foi parar na caixa torácica do animal.

Em seu documentário de 1989, "Alien Life Forms", Linda Moulton Howe entrevistava alguns fazendeiros que declararam ter visto seres extraterrestres que capturavam animais. Talvez o depoimento mais notável tenha sido o de Ron e Paula Watson, de Mount Vernon, Missouri (EUA). Os Watson disseram que, em Julho de 1993, enquanto estavam na varanda de sua casa, viram estranhas atividades no extremo mais longínquo de sua propriedade.

Com o auxílio de binóculos, primeiro viram uma vaca que jazia de lado no solo, parecendo estar paralisada. De pé, ao lado do animal, estavam dois seres pequenos de cabeças brancas e grandes usando vestimenta prateada, que deslizaram seus braços por baixo do corpo da vaca e pareciam "levanta-la". Quando se moveram, a vaca "flutuou" alguns metros acima do solo. Em seguida, "guiaram" o corpo até a rampa de um helicóptero com uma superfície que refletia a folhagem do entorno, se fazendo quase invisível. Depois, levantou e desapareceu no céu.

Se aceitarmos que os extraterrestres são os responsáveis pelas mutilações, a pergunta é: que razão teriam para fazê-lo? Muitos investigadores acreditam que estas mutilações estejam relacionadas com as abduções de seres humanos e que são realizadas por pequenos seres com mãos em forma de garras e grandes olhos muito separados, conhecidos como os "grays".

Linda Moulton Howe diz que recebeu informação de "fontes confidenciais" de que "um destes grupos de seres cinzas tem um problema de sobrevivência e que, pelo menos, uma das razões das mutilações de animais é a obtenção de fluídos. Suponho que trata-se da hemoglobina e do plasma sangüíneo para produzir algum tipo de ingrediente bioquímico essencial para estes seres". Contudo, admite que não parece plausível que espécies tão avançadas tecnologicamente, capazes de viajar anos-luz para visitar a Terra, necessitem do nosso gado para resolver seus problemas biológicos.

O facto é que quase 30 anos depois do início destas misteriosas mutilações, ainda não estamos próximos de descobrir a verdade por trás delas. Tudo que sabemos com certeza é que as mutilações seguem um certo padrão, o que poderia indicar um objectivo. Porém, seja qual for este objectivo, ainda é tema para hipóteses. Como acontece com a ufologia, o mistério não só continua sem solução, assim como cada dia torna-se mais estranho.

LINDA MOULTON HOWE

Uma das principais investigadoras dos casos de mutilação de animais, Linda Howe também é realizadora de documentários. Mestre em comunicação pela Universidade de Stanford, Connecticut, sua carreira centrou-se em documentários sobre temas científicos, médicos e ambientais, pelos quais recebeu prêmios locais, nacionais e internacionais, incluindo três prêmios Emmy.

Seu documentário Televisivo, "A Strange Harvest", realizado em 1980, foi o primeiro a explorar o fenómeno dos animais mutilados. Desde então, dedica-se à investigação de OVNIs e atualmente é considerada autoridade no assunto. Em 1989, Howe publicou o revelador livro "An Alien Harvest", seguido em 1993 por "Glimpses Of Other Realities".

publicado por Admin às 23:53
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.últ. comentários

Este link não funciona. Por favor, coloque um novo...
cria um novo link por favor
http://youtu.be/jb3FvmaWtRo
Meu sonho è ter sexo com ela...
Faço desde já uma declaração prévia: sou agnóstico...
Faço desde já uma declaração prévia: sou agnóstico...
Si quieren ver mas de ella visiten: http://bootyc...
adoro documentarios !!!show de bola esse blog !!!!...
eu saquei o jogo mas nao consigo jogar, ele foi te...
em 1º lugar, para os que tem o minimo de conhecime...
blogs SAPO

.subscrever feeds